Tarifa do transporte público de Jacareí vai para R$ 4,10 a partir de 1° de maio | Últimas Notícias
onibus-jacarei

Tarifa do transporte público de Jacareí vai para R$ 4,10 a partir de 1° de maio

O valor do transporte coletivo em Jacareí será reajustado a partir do dia 1º de maio e passará a ser de R$ 4,10.

O pedido de reajuste apresentado pela JTU (Jacareí Transporte Urbano), concessionária responsável pelo serviço de transporte público na cidade, previa o valor de R$ 4,48, o que acarretaria em um aumento de 17% em relação ao valor da tarifa, hoje fixado em R$ 3,80.

O novo valor, com reajuste de 7,8%, foi definido após estudo e análise da Comissão de Valor Tarifário, composta por representantes das secretarias de Governo, Finanças e Mobilidade Urbana, que levou em consideração o equilíbrio econômico-financeiro que leva em conta a atualização dos valores de insumos, como salários e combustível, manutenção da frota, além do valor do contrato de concessão do transporte público, para fixar o reajuste.

De acordo com o prefeito de Jacareí, Izaias Santana, a atual administração não teve poder de negociação, uma vez que a concessão para atuação da JTU na cidade nos próximos dez anos foi assinada pela antiga gestão municipal: “mesmo assim, com o novo valor, uma reposição do período inflacionário que passa a vigorar a partir do dia 1º de maio, será possível exigir maior qualidade no serviço prestado. Dentre as prioridades, cobramos da concessionária o atendimento aos idosos e sua acessibilidade e a reorganização das linhas”.

Em contrapartida ao reajuste, a concessionária se compromete a substituir o atual sistema de leitura digital para a identificação facial, mediante a apresentação de documento original com foto, que comprove a idade do usuário da melhor idade. Além disso, no prazo de 90 dias, a empresa disponibilizará um aplicativo onde os usuários poderão a partir de seus smartphones, visualizar horários e itinerários das linhas disponíveis, diminuindo a permanência nos pontos de ônibus.

De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana, Edinho Guedes, “o trabalho da Comissão de Valor Tarifário foi essencial para que pudéssemos chegar ao valor real do reajuste, bem abaixo do proposto pela concessionária. Nós da secretaria seguimos ampliando o trabalho de fiscalização junto a JTU para que possamos cada vez mais garantir a qualidade do serviço”. Ainda de acordo com a pasta, serão disponibilizadas ferramentas para que os usuários atuem também como agentes fiscalizadores do serviço oferecido pela concessionária.

Da Redação