CEIs do Lixo e do Teatrão entram na fase final dos trabalhos | Últimas Notícias
camara sjc

CEIs do Lixo e do Teatrão entram na fase final dos trabalhos

Duas CEIs (Comissões Especiais de Inquérito), na Câmara de São José dos Campos, entraram na fase final dos trabalhos de investigação. Na última terça-feira (10), houve reuniões das CEIs do Teatrão e do Lixo que apuram suspeita de irregularidades na obra de reforma do Teatrão e no contrato da Urbam com a empresa Cavo para serviço de coleta de lixo na cidade, ambos ocorridos na gestão passada.

A CEI do Teatrão confirmou mais duas reuniões para os próximos dias 17 e 24, quando será apresentado o relatório final. O prazo de encerramento é no dia 26.

Na reunião de terça (10), os membros da CEI colheram o depoimento do ex-secretário de Educação à época, Luiz Carlos Lima, e dos diretores das empresas Stemmi Engenharia e Construções, Leandro Dias Colo, e Construtora e Incorporadora Zanini, Alessandro Baptista Zanini. As empresas foram subcontratadas pela Urbam para executar partes do projeto de reforma.

A CEI é composta pelos vereadores Fernando Petiti (MDB), que preside a comissão, o relator Cyborg (PV), além de Juliana Fraga (PT), Marcão da Academia (PTB) e Robertinho da Padaria (PPS).

Os membros da CEI questionaram o ex-secretário a respeito do uso do ginásio esportivo, o projeto de implantação de uma creche embaixo da arquibancada do ginásio, a compra de maquetes de dinossauro para o Centro de Ciências, a falta de projeto executivo e mudanças de materiais utilizados na obra.

Os diretores das empresas foram questionados sobre alterações e ajustes no projeto. A Zanini foi responsável pela cobertura do ginásio e pela construção do Centro de Ciências. A Stemmi fez obras de infraestrutura na área.

CEI do LIXO
A CEI do Lixo colheu o depoimento de Dênis Roberto do Rego, diretor de Operações da Urbam, que apresentou um balanço dos serviços prestados pela Cavo entre os anos de 2013 e 2016, além de um histórico do processo que culminou no cancelamento do contrato com a empresa.

Os membros da comissão questionaram o depoente sobre a condução do processo que envolveu a licitação da Cavo e o cancelamento do contrato.

Compõem a comissão os vereadores Lino Bispo (PR) – presidente; Walter Hayashi (PSC) – relator; Marcão da Academia (PTB), Sérgio Camargo (PSDB) e Wagner Balieiro (PT).

Para a reunião também estavam previstos os depoimentos de outras três testemunhas, servidores efetivos da Urbam que participaram da comissão de licitação para o contrato da Cavo. Mas os vereadores dispensaram os depoentes, uma vez que as informações apresentadas pelo diretor de Operações elucidaram as questões que seriam formuladas.

A pedido do vereador Walter Hayashi, a CEI convocou uma nova testemunha, Boanésio Cardoso Ribeiro, diretor de Operações da Urbam na época da realização da licitação emergencial em 2013. A próxima reunião será na próxima sexta-feira (13). O prazo de encerramento da CEI é 26 de abril.

Da Redação